29 abril 2011

Tremendão

Estava dando uma olhada no meu facebook e alguém postou um vídeo de uma música bastante conhecida e que eu gosto muito, só que um cantor jovem deu outra roupagem pra ela e ficou horrível. Caraca! Concordo com meu pai que era músico, quando ele dizia que alguém tinha assassinado uma música. Acontece mesmo! E o dono da música assassinada na certeza de ver sua obra perpetuada, acha tudo muito lindo. Af!

Dai pra equilibrar tudo aquilo de ruim que havia acabado de ouvir fui em busca de uma outra melodia que me agradasse. Achei “Mesmo que seja eu” do Tremendão. Lembrei-me do apelido e também e-mail dele, que é gigantegentil@algumacoisa. "Joguei" no Google gigante gentil e na primeira linha da pesquisa ele me apresentou este site, Histórias de Gatos. Amei!



  • HOJE - AUJOURD’HUI Aujourd’hui je suis très sensible, Je me sens un poète, un écrivain, Ceux qui écrivent des choses sensibles, Choses avec émotion, d’un seul éla...
    Há 3 meses